A CRUELDADE QUASE INVISÍVEL DA REFORMA PREVIDENCIÁRIA

Um dos pontos mais cruéis da reforma é a nova fórmula do cálculo do benefício: a fórmula não mais excluirá as 20% menores contribuições do cálculo (como é hoje) e terá como regra uma base de apenas 60% do benefício para 20 anos de contribuição mais 2% por ano excedente (a integralidade é só com 40 anos de contribuição).

Isto tudo se torna invisível no debate porque é um cálculo, além de muito particular, um pouco complexo. E os defensores da reforma parecem não ter muito interesse em apresentar essas contas.

Pensando nisso, elaborei uma pequena simulação, no qual João, trabalhador da construção civil que hoje se aposentaria com R$1.415,00 cairia para apenas R$ R$ 1.018,00 se a reforma já estivesse valendo em sua plenitude:

João começou a trabalhar aos 15 anos de idade como ajudante de pedreiro. Em alguns momentos da vida, conseguiu trabalhar com carteira assinada e hoje, com 65 anos, após meio século de trabalho, conseguiu somar 31 anos de contribuição. Além disso, nos primeiros anos contribuiu em cima de um salário mínimo e no restante com base em 2 salários mínimos. Se João se aposentasse hoje, receberia como benefício R$ 1.415,00.

Contudo, caso fosse aplicada a totalidade das regras da reforma da presidência do Bolsonaro, João se aposentaria com os mesmos 65 anos, porém com apenas R$ 1.020,08. João perdeu R$ 394,96 , praticamente o valor do BPC que Bolsonaro quer pagar para os idosos miseráveis.

Resultado de imagem para homem pobre construção

Cálculo pela regra atual

Nenhuma descrição de foto disponível.

Cálculo pela regra da PEC 06/2019

Os 31 anos de contribuição garantem 82% da média dos benefícios. (60% dos 20 primeiros anos + 2% x 11 anos). A média de contribuição foi de R$ 1244,40. Contudo, João terá direito a 82% deste valor: 0,82 x 1244,40 = 1.020,08.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s